FLASHES – DEIXE A REALIDADE PARA TRÁS (Flashes aka Alternate Realities, 2015)

Investir em linhas temporais e realidades alternativas pode ser um caminho a seguir na realização de um filme de ficção científica com orçamento limitado. Para se contar uma história do tipo, um diretor, um roteirista e seus produtores não precisam se preocupar tanto em oferecer cenas repletas de efeitos visuais e práticos a cada 20 minutos ou menos. O que não quer dizer que eles sejam inexistentes em FLASHES – DEIXE A REALIDADE PARA TRÁS, claro.

O longa independente tem como protagonista um rapaz de seus 30 e poucos anos, John Rotit (Donny Boaz), que é um cara bem empregado e casado com Clare, a mulher dos seus sonhos (Elle LaMont). A sua vidinha seria perfeita se ele não estivesse sendo tão atormentado pelos ‘flashes’ constantes que o fazem transitar entre essa e outras duas vidas que não poderiam ser mais distintas da sua. Em uma, que ele compartilha com o seu psicólogo – o Dr. Ryan Green (Deke Anderson) – John é um roqueiro famoso por sua vida de excessos chamado Johnny Rotit e a outra ele prefere esconder dessas conversas, já que o sujeito se vê na pele de um impiedoso assassino em série.

É o suficiente para que John duvide da própria sanidade e viva com os nervos à flor da pele, sem conseguir trabalhar direito e se irritar constantemente com o psicólogo que insiste para que o seu paciente não deixe de tomar os remédios receitados no tempo e quantidade prescritos. Tudo só piora quando alguém o reconhece em um café como o Johnny Rotit fazendo-o acreditar que as outras duas personalidades estão se misturando com a dele, quando tudo que ele mais quer é continuar com a vida feliz e sossegada que tinha antes. Isso se John realmente não for o roqueiro Johnny Rotit ou o assassino que está vitimando pessoas completamente desconhecidas por ele. Ganhou um doce quem imaginou que essa história terá uma reviravolta no final.

No geral, FLASHES – DEIXE A REALIDADE PARA TRÁS é um ‘thriller’ com temas relacionados a ficção científica. A direção de Amir Valinia e o roteiro de Andrew M. Henderson vão entregando pistas ao espectador para que ele monte o “quebra cabeças”. O filme é até bem cuidado e realizado com alguma competência mas o fato é que não existe lá muito conteúdo para os seus quase 100 minutos de duração, fazendo com que ele tenha um ritmo irregular e até mesmo arrastado em diversos momentos. Irregular é um adjetivo que também pode ser usado para outro problema: o ator Donny Boaz está mais convincente como uma das personalidades coadjuvantes do que a principal. Apesar desses apontamentos, FLASHES continua digno de uma conferida para um espectador menos exigente do gênero que quer apenas se entreter. 

Um detalhe que surgiu na pesquisa feita antes da elaboração do texto chamou a atenção deste que vos escreve. As participações dos atores Christopher Judge e Tom Sizemore foram inteiramente gravadas em apenas um dia e ambos foram contratados depois que o corte original do filme foi adquirido para distribuição. Nomes e caras conhecidas do público ajudam nas vendas. Sizemore é vapt vupt, ele aparece como 2 personagens em duas realidades de John mas as suas cenas não duram 5 dos primeiros 10 minutos. Já o Judge se sai melhor como três personagens bem diferentes do outro e as suas pequenas cenas ajudam a história seguir em frente. O diretor Amir Valinia concedeu uma ótima entrevista sobre o filme, onde também fala de algo que o faz ser muito pessoal para ele e do mercado de produção independente de gênero nos EUA para o site Influx Magazine que pode ser lida agora mesmo clicando aqui (em inglês).

FLASHES – DEIXE A REALIDADE PARA TRÁS é um lançamento recente da A2 Filmes através do selo Flashstar, que está disponível em DVD para aluguel ou compra, assim como em serviços ‘on demand’ como o Looke e o NOW. Caso tenha interesse no filme, evite assistir ao trailer pois o mesmo contém SPOILERS pesados! Tá avisado(a). 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s